sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Deus,

desculpa por tudo de errado que já fiz e pela ausência que já se tornou presente entre nos.
Já faz dois anos que eu te conheço realmente. Antigamente só ouvia falar de você, que você era um Deus maravilhoso, que só você pode salvar, essas coisas que todo mundo sai falando por ai...
Mas logo quando eu te conhecer, posso falar que realmente te conheci.
Deus, hoje ainda te sinto perto, mas não é como antes. A culpa foi minha e eu sei disso, pois você é do tipo de pessoa que sempre está me esperando, não importa quanto eu erre, quanto eu te deixe de lado... você sempre vai está ao me lado e torcendo por mim.
Lembro-me de quando vivia para você, quando acreditei que poderia viver sem todas as coisas que acho que já me acostumei... hei,ainda te amo muito e o que mais quero é esta com você, pois eu acredito que você existe e que está no meu lado. Essa postagem não é motivo de vergonha, pois o que tem de gente por ai é pessoas falando que é ateu só porque é cool.Não tenho nada contra os ateus, lógico, até entendo eles, mas fico puta quando alguém acredita e fica por ai criticando só porque é modinha.
Deus, você é o único que acredita em mim sinceramente, mesmo com todas as merdas que eu faço.
Hoje todo mundo olha pra mim e fala: ‘’essa menina é perdida’’, e quando eu falo que eu sou protestante todo mundo acha que estou brincando. Alguns falam que é pela maneira que me visto, mas, por favor, isso não tem nada haver, pois Deus não liga muito para a moda.
E se eu tinha um piercing, falo palavrão e escuto músicas diversas isso não quer dizer que eu o amo menos... não venha me falar que essas coisas não vem dele, pois eu acredito que ele me ama pelo o que eu sou e não pelo o que é superficial,como minha aparência.
Pai,sempre fui e até hoje sou louca por você.
Você é realmente o meu maior amor, motivo de poesias e sentimentos que eu tenho.
Desculpa se não falo mais com você com tanta freqüência...
Hoje eu sinto sua falta! Como nunca senti por ninguém...

Lembro-me de um dia que fui visitar minha avó na UTI porque ela tinha acabado de fazer uma cirurgia... quando cheguei,lá estava minha tia cantando uma musica ao lado da cama da minha avó. Nunca tinha ouvido aquela música antes. Depois minha tia explicou que estava cantando porque antes da cirurgia minha avó tinha pedido esse favor pra ela. Entendi mais ou menos. Depois de umas semanas ela faleceu... fui para o intero dela, e lá estava no cemitério todos os amigos dela cantando a mesma música:
‘’Deus de Aliança, Deus de promessas, Deus que não é
homem pra mentir
Tudo pode passar, tudo pode mudar, mais tua palavra vai se cumprir.

Posso enfretar o que for, eu sei que lutas por mim,
teus planos nâo podem ser frustrados,
minha esperança está
nas maos do grande eu sou
meus olhos vão ver o impossível
acontecer’’

(vovó,sinto sua falta também... principalmente quando você me chamava de Thaysinha e falava que eu era sua galeginha)

Um comentário: