segunda-feira, 22 de junho de 2009

Encontro

Troca de roupa, pega a bolsa, fecha o apartamento, sai.
Chega na praia, senta, coloca o fone, Donavon Frankenreiter tocando no seu ouvido, respira fundo, olhando para o mar.

Naquela noite ela desmarcou tudo o que poderia fazer para se encontrar com ela mesma.

2 comentários:

Emmanuel Feliphy disse...

E a vida segue! Corpo e alma eh um só...sempre negando e se superando !!

Bjooss Thay ;)

Liu Manfredini disse...

Oii! Adorei esse post(os outros também)! =*