quarta-feira, 19 de novembro de 2008

1968, o ano que não terminou

Assassinato de Martin Luther King, guerra do Vietnã e o AI-5.
Ano de inquietação e mobilização política.

Período de conquistas sociais como transformações de pensamentos sexuais, políticos, éticos e comportamentais que até hoje possui reflexos fortes na sociedade.
Mesmo que naquele ano a juventude em nenhum lugar do planeta tenha tomado o poder político, esse não foi um ano perdido... Foi um ano de determinação que até hoje deixou como herança idéias de lutas pelos direitos e diversidade.

Um comentário:

Feliphy Gomes disse...

Eh isso ae minina!! Hist do Brasil na veia!! Muito importante esse ano!! Não so no Brasil mas no mundo inteiro!! Se cuida viu !!
Eh nois na fita e na UFAL ano q vem